notícias

“A população sonhou junto comigo e foi traída”, diz Wellington do Curso sobre covardia em retirada de sua candidatura a prefeito de São Luís

Nesta terça-feira (01), o pré-candidato Wellington do Curso, que foi traído pelo líder do Partido do qual faz parte, o PSDB, se pronunciou pela primeira vez sobre o caso. Entre o sonho de disputar as eleições para prefeito de São Luís e a coerência política que sempre predominou em sua atuação, Wellington do Curso falou sobre a tristeza que é ver tamanha traição e afirmou ter sido vítima de um jogo de intenções que não coadunam com seus princípios.

Wellington afirmou, ainda, que seguirá na luta por uma São Luís melhor e disse não estar, em nenhuma hipótese, longe da disputa eleitoral, seja como protagonista ou apoio decisivo para o próximo prefeito de São Luís.

“A população sonhou junto comigo e foi traída. Estivemos nas ruas, afirmamos que seríamos candidatos. Tivemos essa confirmação do próprio presidente do Partido, senador Roberto Rocha, que agora, mudou de opinião e tentou acabar com o nosso sonho, de forma sorrateira e sem dar outra oportunidade. Não tive, sequer, a possibilidade de mudar de Partido. Em março, prometeram que eu disputaria as eleições; agora, em um jogo de interesses, decidiram apoiar outro candidato. Estamos buscando Um posicionamento da direção Nacional do Partido. Não desisti, seguirei firme na luta por uma São Luís melhor. Em hipótese alguma, estarei longe dessa discussão sobre São Luís. Vamos participar ativamente das eleições”, afirmou Wellington.

Leave a Response