notícias

Funcionário da Prefeitura de Paço do Lumiar é preso em invasão no Residencial Safira

Assessor da prefeita Paula Azevedo foi preso pela Polícia Militar em reintegração de posse de terreno no Residencial Safira

Um homem conhecido como Paulo Sampaio, questionava a ação da Polícia, criticava o Governo do Estado e incitava os populares afirmando que o proprietário do terreno não possuía o documento de posse das terras no local e nem mandado judicial para a desapropriação.

Nesse momento o servidor se encontra na Delegacia de Polícia, sendo apresentado ao delegado de plantão sob acusação de desacato e por estimular a população contra a ação da polícia do Maranhão.

Em nota a Prefeitura diz que a ocupação é irregular e que não tem responsabilidade sobre o ocorrido.

Veja nota da Prefeitura:

NOTA DE ESCLARECIMENTO

Sobre o incidente decorrente em terreno localizado no residencial Safira, a Prefeitura de Paço do Lumiar esclarece:

O terreno pertence à construtora Canopus e foi ocupado de forma irregular; após efetuar um Boletim de Ocorrência e buscar os préstimos de um Advogado, a empresa ajuizou uma ação cível denominada Manutenção de Posse. Desta forma, com respaldo da justiça e com apoio da Polícia Militar aconteceu a desapropriação da área particular.

A prefeitura não tem nenhuma responsabilidade sobre o ocorrido; por essa razão torna-se inverídica qualquer notícia apontando envolvimento do poder público tanto na ação de desapropriação, quanto na invasão. A prefeitura não tem poder sobre área privada, sendo assim, nega fornecimento de documentos autorizando a ocupação.

PREFEITURA DE PAÇO DO LUMIAR.

Momento em que o homem é preso pela Polícia Militar

Leave a Response