notícias

Estelionatários causam prejuízo de R$ 40 mil no Val Paraíso AquaPark

Mandados de busca e apreensão e de prisão preventiva, expedidos pela Central de Inquéritos de São Luís, foram cumpridos nesta quarta-feira (03) contra pelo Departamento de Combate a Crimes Tecnológicos (DCCT/SEIC).Após 11 meses de investigações contra a quadrilha, o DCCT conseguiu chegar a um suspeito que, juntamente com alguns comparsas, clonava cartões de créditos e efetuava compras em sites e depois revendia essas mercadorias na internet (OLX, Facebook, WhatsApp, etc.). O Valparaíso Acqua Park está entre as vítimas, registrando prejuízo de mais de R$ 40 mil devido a venda de ingressos comprados com esses cartões.
O criminoso preso na operação confirmou participação na quadrilha, durante depoimento e falou sobre envolvimento de outros membros. A operação continua na busca da localização e identificação dos outros suspeitos.Após os procedimentos de praxe, o criminoso foi encaminhado para a realização de exame de corpo de delito e apresentação no Centro de Triagem São Luís, onde ficará à disposição da Justiça.

Leave a Response