notícias

Wellington do Curso vota contra projeto de lei orçamentária de Flávio Dino e fica a favor da população

Nesta quarta-feira (11), o deputado estadual Wellington do Curso votou contra o projeto de Lei Orçamentária Anual – LOA, de autoria do Executivo estadual. Ao tentar incluir previsão para beneficiar os aprovados em concurso público e aumentar investimentos na saúde, Wellington deixou claro que não poderia votar a favor de um orçamento que prejudica a população.

Ao discutir a proposta de lei orçamentária, Wellington afirmou que é vergonhoso ter um governador que prioriza a Secretaria de Comunicação ao invés de dar maior importância à saúde, educação e nomeação de aprovados em concurso.

“Eu voto contra essa proposta de orçamento indecente. Primeiro por não contemplar a nomeação dos soldados formados e não nomeados pelo governador Flávio Dino, bem como dos subjudice e aprovados no concurso da Polícia Civil. Voto contra por não contemplar a nomeação dos aprovados no concurso da Aged e outros concursos que foram utilizados por Flavio Dino para enganar a população; por não contemplar a criação do Hospital Público Veterinário; por sequer aumentar os recursos para garantir o tratamento das pessoas com câncer. É uma vergonha que o governador do Maranhão priorize a Secretaria de Comunicação, que aumentou o orçamento em R$13 milhões, ao invés de priorizar e investir na saúde do nosso estado. Eu mantenho a minha coerência política e declaro o meu voto contra a proposta de lei orçamentária de Flávio Dino”, disse Wellington.