notícias

Mais uma guerreira em ação: Se não deu pra Marta? Bárbara resolveu!!


O Brasil bem que tentou… Tentou… Mas não conseguiu resolver nos 120 minutos. A seleção feminina de futebol entrou em nervosa errando muitos passes, cometendo vários vacilos. Por outro lado a Austrália não se intimidou com o estádio lotado e partiu pra cima.

Mas tudo isto aconteceu logo no início do jogo. Com o decorrer da partida o time foi engrenando e o Brasil conseguiu equilibrar o jogo ainda no primeiro tempo.

No resto do jogo que passou se viu uma seleção feminina valente, aguerrida partir pra cima de uma Austrália que só restou se defender de todas as formas. Infelizmente o Brasil perdeu boas chances de gol e a partida seguiu empatada em 0 x 0.

Prorrogação
O Brasil queria resolver rápido, mas a Willians, goleira australiana, não deixou. Fez grandes defesas e parou o ataque da seleção. O jogo era perigoso. O Brasil se arriscava ao ataque, mas a Austrália poderia ter acabado com a festa brasileira se tivesse acertado o último passe em vários contra-ataques. O final da prorrogação foi um reflexo de quase todo o jogo: o Brasil pressionando, mas não conseguindo balançar as redes australianas.

Heroína
Após oito cobranças, quatro de cada lado, todas no fundo do gol, parou na mão de Marta a chance de marcar o quinto do Brasil e mandar a pressão para o lado australiano. Mas não foi esse o roteiro. Assim como na final do Mundial de 2007, contra a Alemanha ainda no tempo regulamentar, a camisa 10 desperdiçou a cobrança. Mas quando tudo parecia perdido, Bárbara se agigantou e parou Gorry decidiu o jogo com uma grande defesa no chute de Kennedy. 

Meus amigos mais uma bela história escrita pela seleção feminina de futebol que dentre todas as dificuldades conseguiu se superar mais uma vez. Isto tudo só é possível porque temos o Time como uma estrela e não um time de Estrelas.

Leave a Response